COVID-19

Quase 400 mil eleitores catarinenses já possuem e-Título

O aplicativo pode ser baixado por usu√°rios de iPhone (iOS), smartphones (Android) e tablets

Por Marcos Herbert em 14/01/2020 às 09:40:03
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Em toda Santa Catarina, mais de 390 mil eleitores j√° baixaram o e-T√≠tulo, documento digital que substitui o t√≠tulo de eleitor e dispensa a impress√£o de uma segunda via. O eleitor ter√° informa√ß√Ķes como dados da sua Zona Eleitoral e a situa√ß√£o cadastral em tempo real. O aplicativo pode ser baixado por usu√°rios de iPhone (iOS), smartphones (Android) e tablets.

Até segunda-feira (13) eram 392.980 eleitores catarinenses com o aplicativo no celular. Desse total, 360.280 j√° fizeram o cadastramento biométrico. Os dados s√£o atualizados diariamente. Em todo o pa√≠s, 12.057.655 eleitores j√° possuem o e-T√≠tulo.

O aplicativo também permite ao eleitor emitir a certid√£o de quita√ß√£o eleitoral, além da certid√£o de crimes eleitorais. Essas certid√Ķes s√£o emitidas por meio do QR Code, o que possibilita a leitura pelo próprio celular.

Outra vantagem é que os dados eleitorais do cidad√£o estar√£o sempre seguros e dispon√≠veis, diminuindo os riscos de extravios e danos ao t√≠tulo de eleitor. Mais um ponto positivo é evitar deslocamentos até o Cartório Eleitoral para solicitar a segunda via do t√≠tulo eleitoral. Além disso, o e-T√≠tulo é um documento sustent√°vel, pois substitui a vers√£o em papel.

Porém, é importante destacar que o e-T√≠tulo só é v√°lido para aquele cidad√£o que j√° fez sua inscri√ß√£o eleitoral no Cartório respons√°vel por sua cidade.

Atento ao cadastro

Um detalhe importante ao qual o eleitor deve estar atento na hora de fazer o cadastro no app é o fato de que esteja com o t√≠tulo eleitoral f√≠sico em m√£os, pois essas informa√ß√Ķes precisam ser id√™nticas às registradas no Cadastro Eleitoral j√° realizado. Se algum dado for preenchido em discord√Ęncia com aquele lan√ßado no documento original, o sistema n√£o validar√° o cadastro.

Para o eleitor que j√° tiver feito o cadastramento biométrico (cadastro das impress√Ķes digitais) na Justi√ßa Eleitoral, o e-T√≠tulo vir√° acompanhado da foto dele, o que facilitar√° a identifica√ß√£o na hora do voto. Caso o eleitor ainda n√£o tenha feito o cadastramento biométrico, o aplicativo ser√° baixado sem a foto. Nesse caso, o eleitor ser√° obrigado a levar outro documento oficial com foto para se identificar ao mes√°rio durante a vota√ß√£o.

Fonte: Ascom TRE/SC

SIM Supermercados - 1230x152
Focus