COVID-19

Lote de 50 respiradores comprados por SC que estava retido em aeroporto é entregue ao governo

Equipe da Secretaria de Saúde vai avaliar condições e destino dos equipamentos. Compra é investigada em força-tarefa.

Por Marcos Herbert / [email protected] em 28/05/2020 às 21:41:27
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A Receita Federal entregou nesta quinta-feira (28) à Secretaria da Saúde de Santa Catarina o lote com 50 respiradores comprados pelo governo do estado que estavam retidos há duas semanas no Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis. Agora, uma equipe da pasta irá avaliar as condições e o destino dos equipamentos.

A compra do total de 200 respiradores é investigada em uma força-tarefa. Os equipamentos foram adquiridos por R$ 33 milhões com dispensa de licitação. Este primeiro lote foi entregue com atraso e chegou ao aeroporto em 14 de maio.

Eles tinham sido confiscados pela Receita Federal por conta de irregularidades na documentação e foram entregues ao governo. Outros 150 respiradores comprados ainda não saíram da China.

A investigação da compra baseou a Operação O2, deflagrada em 9 de maio, com cumprimento de 35 mandados de busca e apreensão em quatro estados. Entre os investigados estão os ex-secretários Douglas Borba, da Casa Civil, que pediu exoneração no dia seguinte, e Helton Zeferino, da Saúde, que solicitou saída da pasta em 30 de abril.

Fonte: G1 / SC

SIM Supermercados - 1230x152
Focus