Odonto Top 1230x152

Vacina chinesa contra a Covid-19 vai ser testada no Hospital da PUC

A vacina contra o coronavírus, desenvolvida pela Sinovac, é uma das mais promissoras do mundo porque utiliza tecnologia já conhecida e amplamente aplicada em outros tipos de doses.

Por Marcos Herbert / [email protected] em 01/07/2020 às 21:32:56
Foto: Instituto Butantan / Divulgação

Foto: Instituto Butantan / Divulgação

O governador de S√£o Paulo, Jo√£o Doria ( PSDB) anunciou, nesta quarta-feira, que o Hospital S√£o Lucas da PUCRS, em Porto Alegre, vai ser um dos 12 centros de testes de uma vacina chinesa contra o coronavírus. As unidades ser√£o respons√°veis pelos testes da fase 3, em humanos, da CoronaVac, desenvolvida pela farmac√™utica Sinovac Biotech e considerada uma das mais promissoras em todo o mundo

Em Porto Alegre, o trabalho deve ser coordenado pelo médico infectologista Fabiano Ramos. Nesta semana, ser√£o definidos os números e critérios para recrutamento de volunt√°rios gaúchos. Assim como em S√£o Paulo, os testes devem come√ßar pelos profissionais da saúde, que comp√Ķem a linha de frente do enfrentamento da pandemia.

Os testes ser√£o realizados em 9 mil volunt√°rios em centros de pesquisas de seis estados brasileiros: S√£o Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paran√°. A pesquisa clínica vai ser coordenada pelo Instituto Butantan, um dos maiores centros de pesquisa, desenvolvimento e produ√ß√£o de imunobiológicos do mundo. "A uni√£o da experi√™ncia do Butantan na produ√ß√£o de imunobiológicos aos esfor√ßos da Sinovac vai permitir que, logo, o país tenha uma vacina efetiva e segura contra a Covid-19, protegendo as pessoas e salvando milhares de vidas", afirmou o diretor do Instituto Butantan e integrante do Centro de Conting√™ncia do Coronavírus de SP, Dimas Tadeu Covas.

Dória também destacou que a capacidade de produ√ß√£o do Instituto Butantan é de 100 milh√Ķes de unidades da vacina. "O acordo com a Sinovac prev√™ explicitamente a transfer√™ncia de tecnologia para a produ√ß√£o em escala industrial da vacina contra o coronavírus em S√£o Paulo pelo Butantan. E assegurar também que a vacina seja distribuída gratuitamente pelo SUS em S√£o Paulo e em todo o país", mencionou.

A vacina contra o coronavírus, desenvolvida pela Sinovac, é uma das mais promissoras do mundo porque utiliza tecnologia j√° conhecida e amplamente aplicada em outros tipos de doses. Por isso, o Instituto Butantan avalia que a incorpora√ß√£o dela ao sistema de saúde deva ocorrer mais facilmente. O laboratório, com sede em Pequim, j√° realizou testes do produto em cerca de mil volunt√°rios na China, nas fases 1 e 2. Antes, o modelo experimental aplicado em macacos apresentou resultados expressivos em termos de resposta imune contra as proteínas do vírus.

Agora, a farmac√™utica vai fornecer ao Butantan as doses da vacina para a realiza√ß√£o de testes clínicos da fase 3 em volunt√°rios no Brasil, com o objetivo de demonstrar efic√°cia e seguran√ßa. Caso a vacina seja aprovada, a Sinovac e o Butantan v√£o firmar acordo de transfer√™ncia de tecnologia para produ√ß√£o em escala industrial tanto na China como no Brasil para fornecimento gratuito. Os passos seguintes ser√£o o registro do produto pela Anvisa e fornecimento da vacina em todo o Brasil.

Fonte: Correio do Povo

SIM Supermercados - 1230x152
Focus