Odonto Top 1230x152

SC registra crescimento na doação de órgãos no primeiro semestre de 2020

Dia Nacional da Doação de Orgãos e Tecidos é comemorado em 27 de setembro.

Por Dpto. Jornalismo em 21/09/2020 às 14:49:52
Foto: Mauricio Vieira / Secom

Foto: Mauricio Vieira / Secom

O Dia Nacional da Doa√ß√£o de Órg√£os e Tecidos é comemorado em 27 de setembro, mas todo o m√™s é dedicado ao incentivo e conscientiza√ß√£o da import√Ęncia da doa√ß√£o de órg√£os, denominado Setembro Verde.

No primeiro semestre de 2020, mesmo com a situa√ß√£o de emerg√™ncia em sa√ļde p√ļblica devido à pandemia da Covid-19, o Sistema Estadual de Transplantes (SC Transplantes) registrou 145 doa√ß√Ķes efetivas de m√ļltiplos órg√£os e tecidos, acima do mesmo per√≠odo no ano anterior, quando houve 137 doa√ß√Ķes.

Segundo dados da Associa√ß√£o Brasileira de Transplante de Órg√£os (ABTO), Santa Catarina est√° em segundo lugar em doa√ß√Ķes de órg√£os no primeiro semestre deste ano, atr√°s apenas do Paran√°. O Estado atingiu o √≠ndice de 40,5 doa√ß√Ķes de órg√£os efetivas por milh√£o de popula√ß√£o (pmp), sendo que a média nacional foi de 15,8 pmp.

De acordo com o coordenador do SC Transplantes, o médico Joel de Andrade, foi um come√ßo de ano muito positivo, antes da pandemia, com 79 doa√ß√Ķes de m√ļltiplos órg√£os e tecidos de janeiro a mar√ßo, seis a mais que no mesmo per√≠odo no ano anterior. "Terminamos junho com oito doa√ß√Ķes a mais que no ano anterior no mesmo per√≠odo. Mas veio julho e agosto nos colocando com quatro doa√ß√Ķes a menos que em 2019", explica Andrade.

O n√ļmero de doa√ß√Ķes de órg√£os e tecidos no estado de janeiro a agosto deste ano (189) teve uma pequena queda em rela√ß√£o ao mesmo per√≠odo de 2019 (193).

Transplantes

O transplante de órg√£os e tecidos, entre janeiro e mar√ßo de 2020, chegou a 345 procedimentos. Com os meses de abril a agosto, alcan√ßou 624 transplantes. Deste total, 380 foram de córneas e 244 de órg√£os (rim, f√≠gado, cora√ß√£o e rim/p√Ęncreas). J√° em 2019, foram realizados 304 transplantes de órg√£os e tecidos entre janeiro e mar√ßo, 41 a menos que neste ano. Mas até agosto, chegou a 665 procedimentos.

"A primeira coisa que tem que ser explicada é que os n√ļmeros t√™m rela√ß√£o com a proibi√ß√£o do Ministério da Sa√ļde em fazer transplantes de córneas. Como mais da metade dos transplantes feitos s√£o de córneas, esses procedimentos foram perdidos, n√£o tem como recuperar. No entanto, os transplantes de órg√£os que se mantiveram ativos tiveram uma discret√≠ssima redu√ß√£o com rela√ß√£o ao ano passado", ressalta Andrade.

Segundo pesquisa realizada pela ABTO no primeiro semestre de 2020, Santa Catarina est√° em segundo lugar da lista em transplantes renais com uma média de 40,8 pmp, atr√°s apenas do Paran√°, com 45,7 pmp, sendo que a média nacional é de 23 pmp.

Aumenta autorização das famílias

As equipes profissionais que atuam nos casos de transplantes por todo o estado s√£o fundamentais para os bons √≠ndices alcan√ßados neste momento de pandemia. Um dos pontos é manter a redu√ß√£o da recusa dos familiares em doar os órg√£os.

A taxa de n√£o autoriza√ß√£o da fam√≠lia para a doa√ß√£o de órg√£os, de janeiro a agosto deste ano, ficou em 27,2%, menos que no mesmo per√≠odo no ano anterior, com 28,2%. "Estamos trabalhando na queda desta taxa ano após ano. O apoio das fam√≠lias catarinenses e os processos de treinamento e comunica√ß√£o adequada para essas situa√ß√Ķes cr√≠ticas s√£o essenciais", complementa Joel.

Fonte: Gov. de SC

SIM Supermercados - 1230x152

Coment√°rios