Larvas são encontradas na boca de idosa em Santa Catarina

Mulher, que sofre de doença degenerativa, teria sido vítima de maus-tratos pela própria filha

Foto: Prefeitura de Itapema/Divulgação

Foto: Prefeitura de Itapema/Divulgação

Uma idosa de 65 anos terá de passar por um procedimento hospitalar para a retirada de larvas de dentro da boca. A suspeita é de que a mulher, que sofre de doença degenerativa, tenha sido vítima de maus-tratos pela própria filha, responsável por cuidar da mãe em Itapema, no Litoral Norte. O caso será investigado pela Polícia Civil.

A PM foi acionada pela equipe médica do Hospital Santo Antônio, de Itapema, depois que a mulher foi levada ao local para uma consulta. Ela tem Doença de Parkinson e outras enfermidades que a tornaram dependente de ajuda para atividades básicas do dia a dia, como higiene pessoal e alimentação, que é feita através de sonda.

Ao ser examinada, a equipe constatou precariedade na higiene bucal da paciente. Mais de 50 larvas foram retiradas da boca dela, segundo a PM. A idosa precisou ser transferida para o Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, para ser intubada e assim as demais larvas serem extraídas junto com os dentes em péssimo estado.

De acordo com informações da polícia, uma das filhas da idosa cuida da mãe há 10 anos, mas não foi ela quem levou a mulher ao médico, e sim a irmã. Os policiais foram até a casa da responsável pelos cuidados, que negou ter sido negligente e afirmou não saber como a mãe estava tão debilitada. A filha esteve na delegacia por vontade própria para se manifestar sobre a situação.

O delegado Aden Claus Ceber Pereira foi quem atendeu a ocorrência na delegacia de Itapema e diz que não foi possível definir naquele momento se houve crime de maus-tratos ou negligência, por isso não houve prisão. Ele conta que não ficará responsável pelo caso, mas acredita que nos próximos dias a Polícia Civil irá instaurar inquérito para apurar o que está acontecendo com a idosa, que é de família humilde.

O hospital não informou qual o atual estado de saúde da idosa.