Polícia Ambiental suspende funcionamento de madeireira na região

Madeiras no local estavam sem o devido Documento de Origem Florestal

Foto: Divulgação/PMA

Foto: Divulgação/PMA

Durante patrulhamento de rotina, policiais do Batalhão de Polícia Militar Ambiental de Chapecó foram até o município de Abelardo Luz onde acabaram suspendendo as atividades de uma madeireira.

Nas buscas, foram encontradas algumas irregularidades como depósito de 35 metros cúbicos de Araucária Angustifolia já em toras, tábuas cortadas, ripas e material de reaproveitamento além de 2 metros de madeira da espécie canela sendo que tudo estava sem o devido Documento de Origem Florestal.

A PMA também encontrou rejeitos como serragem e demais resíduos expostos no pátio da empresa, fato que está em desacordo com o documento de origem florestal e diante do flagrante, a atividade do estabelecimento foi suspensa e os materiais apreendidos.