Morre o músico tradicionalista Iedo Silva, vítima da Covid-19

Cantor, compositor e intérprete de 74 anos faleceu na quarta-feira, 15.

Foto: Emílio Pedroso / Agencia RBS

Foto: Emílio Pedroso / Agencia RBS

Morreu, na quarta-feira, 15, aos 74 anos em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, o cantor, compositor e intérprete tradicionalista Iedo Silva.

Ele estava internado, há mais de um mês, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O perfil oficial do músico no Facebook ainda recorda que ele faleceu no Dia do Gaiteiro.

Ele também havia descoberto, recentemente, um câncer de próstata em estágio avançado. Em comunicado oficial, a família comunicou que, por razões de segurança e protocolos de saúde, a despedida será restrita aos familiares.

Nascido em Cachoeira do Sul, no Centro do estado, Iedo Silva começou a carreira nos anos 1960. Na década seguinte, formou o grupo 'Os Tauras', e deixou o conjunto em 1980 para fundar 'Os Farrapos'. A partir dos anos 1990, iniciou a carreira solo, onde permaneceu nas décadas seguintes.