PMA apreende 1.550 metros de redes de pesca em Itapiranga

Patrulhamento aquático aconteceu nos Rios Uruguai, Fortaleza e Peperi-Guaçu

Foto: Divulgação/PMA

Foto: Divulgação/PMA

Neste domingo, 10, a Polícia Militar Ambiental (PMA), por meio de sua unidade em São Miguel do Oeste, durante a Operação Hórus, realizou mais uma fiscalização relacionada à Piracema 2021/22, com o propósito de coibir a prática da pesca predatória durante o período de defeso.

Durante patrulhamento aquático ambiental nos Rios Uruguai, Fortaleza e Peperi-Guaçu na região de Itapiranga, a PMA apreendeu 31 redes de malhas diversas, totalizando 1.550 metros de redes, devolvendo ao rio inúmeros peixes que estavam emalhados nas redes.

Durante as operações realizadas na última semana, foram apreendidos aproximadamente três mil metros de redes de pesca na região. A PMA orienta que neste período da Piracema, determinados materiais estão proibidos, bem como em alguns locais a prática da pesca torna-se proibida.
(Clique em avançar/voltar para carregar as imagens)