Esportes ESPORTE

Súmula cita arremesso de celular em volante do Grêmio, e Inter pode ser denunciado no TJD-RS

Atingido no rosto, Lucas Silva deve prestar depoimento na polícia nesta segunda-feira. Inter identificou o responsável, mas pode ser punido até com perda de mando de campo

Por Diego Jaeger - Repórter

21/03/2022 às 14:59:30 - Atualizado há

A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) divulgou nesta segunda-feira a súmula do Gre-Nal do último sábado, vencido pelo Grêmio por 3 a 0. No documento, o árbitro Jean Pierre Lima relatou o incidente com o volante Lucas Silva, atingido por celular arremessado por um torcedor do Inter durante a comemoração do terceiro gol gremista. O Colorado pode ser denunciado no TJD e punido pelo episódio.

A cena de violência ocorreu logo após o gol de Diego Souza, em cobrança de pênalti. Os jogadores do Grêmio foram comemorar atrás do gol, onde estava o setor da torcida visitante, nas cadeiras superiores. No meio da comemoração, o objeto foi arremessado por um torcedor no anel inferior, onde estava a torcida do Inter. Lucas Silva sofreu cortes na boca, foi substituído e precisou fazer pontos na região.

Durante a partida, Jen Pierre recolheu o celular do gramado e o entregou para o delegado da partida. No documento, ele relata que o Inter identificou o responsável por atirar o objeto no jogador do Grêmio e registrou boletim de ocorrência sobre o fato.

– Aos 28 minutos do segundo tempo, quando a equipe do Grêmio FBPA comemorava o gol de sua equipe em frente ao espaço destinado a sua torcida, que encontrava-se no anel superior do estádio e e consecutivamente em frente à torcida adversária postada no mesmo ponto, porém no anel inferior do estádio. Em dado momento, foi arremessado um telefone celular que acabou por atingir o rosto do atleta número 16, sr. Lucas Silva, do Grêmio. O atleta teve cortes no nariz e boca, foi atendido fora do campo pelo médico de seu clube e retornou quando a partida já estava em andamento. Posteriormente, o SC Internacional apresentou o boletim de ocorrência de número 5159 2022 100805, onde identifica, por meio de imagens, o torcedor e a torcida organizada ao qual pertence. Solicitando ainda a não divulgação dos dados do referido torcedor em virtude da Lei Geral de Proteção de Dados por se tratar de dados sensíveis à exposição pública – relatou Jean Pierre.

A Polícia Civil também também já tem a identidade do torcedor e deve avançar nas investigações nesta segunda-feira. Lucas Silva irá prestar depoimento, em horário não divulgado. O caso está com a delegada Ana Luiza Caruso, a mesma responsável pela apuração da pedrada no ônibus do Grêmio, que provocou o adiamento do Gre-Nal marcado para o dia 26 de fevereiro.

Com a súmula da partida, a Procuradoria do TJD-RS (Tribunal de Justiça Desportiva) vai analisar o episódio e pode denunciar o Inter. A tendência é que o clube responda por infração ao artigo 213, por deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto, invasão do campo ou lançamento de objetos no campo. A pena prevista é de multa de R$ 100,00 a R$ 100 mil e perda de mando de campo de uma a 10 partidas.

Fonte: ge
Comunicar erro
Rádio Onda Positiva FM 87.5

© 2022 Rádio Onda Positiva FM 87.5
Rua Dourado, S/N Bairro Alvorada Itapiranga/SC - Telefone: (49) 3678-8888

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Rádio Onda Positiva FM 87.5