JBS

Chegada ilegal de estrangeiros preocupa autoridades de Itapiranga

Prefeito diz que não aceita essa situação e que a administração está tomando as providências de sua competência

Por Marcos Herbert em 30/03/2020 às 11:46:03
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A chegada de um grupo de aproximadamente 10 venezuelanos em Itapiranga durante a noite de sábado, 28, está sendo considerado acesso ilegal ou clandestino, sem o conhecimento das autoridades competentes. A preocupação é pelo risco iminente de propagação do coronavírus vindo de outras localidades, principalmente nesta época de quarentena.

Conforme o Secretário de saúde do município, Davino Rauber, os estrangeiros são considerados com maior risco de transmissão, pois grande parte não tem colaborado com o lema "ficar em casa", permanecendo os mesmos em livre fluxo, em momento que todos se preocupam e até vivem em pânico. O secretário disse ainda que não houve nenhuma autorização ou apoio do município quanto a vinda de mais venezuelanos nesta época de quarentena, e que as autoridades só souberam do fato após a chegada dos estrangeiros.

A Secretaria Municipal da Assistência Social demonstrou grande preocupação quanto ao fato, pois somente foi informada de que teria vindo mais um grupo de venezuelanos a Itapiranga após a chegada dos mesmos, ressaltando que faz apenas o que compete a política de assistência social.

Os venezuelanos têm adotado Itapiranga como cidade refúgio no Brasil pela empregabilidade nas unidades de processamento de aves e suínos. No entanto, a gerência da empresa no município informou que não está contratando estrangeiros no momento e que não tem ligação com a chegada do grupo no final de semana.

Após tomarem conhecimento do fato, as autoridades municipais contataram a Polícia Federal, e a informação recebida é de que não há como proibir as pessoas de irem e virem. O prefeito Jorge Welter destaca que assim que tomou conhecimento do assunto, entrou em contato com órgãos competentes, como governo do estado, secretaria de segurança pública e polícia.

O caso está sob coordenação do delegado regional da Polícia Civil, Wesley Andrade. Conforme o prefeito Jorge Welter, é preciso esclarecer o acontecimento. Ele questiona o fato de o estado de Santa Catarina estar em calamidade pública, proibindo o transporte coletivo estadual e interestadual, e um ônibus atravessar o estado com migrantes venezuelanos.

Welter diz que não aceita essa situação e que a administração está tomando as providências de sua competência. A Polícia Civil investigará as circunstâncias da chegada do novo grupo ao município, em meio as restrições impostas pelas autoridades, em função da pandemia de coronavírus.

Confira a nota oficial na íntegra

O MUNICÍPIO ESCLARECE

Desde o momento em que tomou conhecimento de matéria publicada nas redes sociais, informando que "novo grupo de estrangeiros chega em Itapiranga", o Governo Municipal tomou todas as providências que lhe competem para esclarecer a vinda irregular de migrantes ao município, caso que ganhou repercussão no final da semana passada. O prefeito Jorge Welter e a secretária de Assistência Social, Karine Berwanger, repassaram o fato para órgãos competentes, como o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Segurança Pública de SC, assim como a Polícia Militar e a Polícia Civil, no intuito de esclarecer o caso.

O prefeito Jorge Welter questiona o fato de o Estado de Santa Catarina ter Decretado Calamidade Pública, devido ao coronavírus, com a proibição do transporte coletivo estadual e interestadual, e um ônibus atravessar o estado (saída de Florianópolis) com migrantes. "Não aceitamos essa situação, tomamos as providências que nos competem e queremos o esclarecimento do caso", afirma o prefeito. Uma pessoa que estaria no grupo de migrantes foi identificada pela polícia e está sob quarentena, conforme determinação do setor de saúde. A Polícia Civil está investigando quantas pessoas de fato teriam chegado ao município.

O prefeito tranquiliza a população assegurando que todas as medidas cabíveis foram tomadas. Alerta que o isolamento social persiste no Estado e que as medidas de proteção neste momento valem para todos.

Fonte: Rádio Onda Positiva, com informações Oeste Mania e Ascom

SIM Supermercados - 1230x152
Anuncie 3
Focus