Odonto Top 728X90

Suposta garota de programa que extorquiu empresário de Maravilha é presa no centro de SMOeste

A investigada já possui registros pela prática de estelionatos na região Oeste do Estado de Santa Catarina

Por Redação Onda Positiva em 11/04/2023 às 16:52:50

Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Investigação Criminal - DIC de Maravilha, realizou, na tarde de hoje (11), a prisão de uma mulher de 22 anos pela pr√°tica reiterada do crime de extorsão. A prisão ocorreu no centro de São Miguel do Oeste.

Além da prisão tempor√°ria, também foi cumprido um mandado de busca e apreensão na resid√™ncia da investigada com o objetivo de obter novos elementos para o trabalho policial.

Conforme a investigação, que começou h√° aproximadamente um m√™s, a autora conheceu um empres√°rio de Maravilha em uma danceteria, na cidade de Cascavel, em meados do m√™s de novembro de 2022, ocasião na qual ela se apresentou para ele como uma garota de programa. Após conversas e troca de contatos entre ambos, a investigada passou a chamar a vítima nos dias seguintes solicitando envios de dinheiro, o que foi realizado pelo homem inicialmente de forma volunt√°ria. Entretanto, após o segundo pedido, o homem passou a negar os "pagamentos", momento a partir do qual passou a ser ameaçado pela autora, que reiteradas vezes o constrangeu afirmando que exporia toda a situação nas redes sociais e contaria para família da vítima.

Iniciado no ano de 2022, o crime foi reiterado por diversas vezes ao longo dos meses de janeiro, fevereiro, março e abril de 2023. Ao todo, a mulher constrangeu a vítima a lhe enviar dinheiro ao menos oito vezes, caracterizando vantagem econômica indevida no montante de aproximadamente R$ 10 mil.

Na tarde de hoje (11), a Polícia Civil encontrou cerca de R$ 10 mil na resid√™ncia da mulher. O valor foi apreendido com o intuito de j√° garantir eventual reparação do dano patrimonial causado.

A investigada j√° possui registros pela pr√°tica de estelionatos na região Oeste do Estado de Santa Catarina e permanecer√° presa temporariamente, ao menos até o final da investigação criminal, quando poder√° ter sua prisão convertida em preventiva.

O trabalho contou com o apoio da Divisão de Investigação Criminal - DIC de São Miguel do Oeste e, após a prisão, a realização de seu interrogatório e a confissão do delito, a mulher foi encaminhada à unidade prisional de São Miguel do Oeste.

Fonte: Polícia Civil

Comunicar erro
Lassberg

Coment√°rios

Pneu A