JBS

Autor de áudio fake sobre morte por coronavírus no Sul de SC é denunciado pelo MP

Homem dizia na gravação que rapaz tinha morrido do coração, e não vítima de Covid-19.

Por Marcos Herbert / [email protected] em 20/05/2020 às 15:34:56
Foto: Arquivo/NSC Total

Foto: Arquivo/NSC Total

O autor do áudio que contesta a causa da morte de Aislan Crozeta Corrêa, 32 anos, vítima de coronavírus, foi denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MP/SC). O jovem morreu no início de abril em decorrência do Covid-19, porém na gravação o homem diz que Aislan tinha problemas cardíacos. Ele também acusa o governo de São Ludgero, município onde a vítima morava, de divulgar informações falsas.

A família de Aislan precisou explicar, em diversas entrevistas, que o jovem era saudável e não pertencia a nenhum grupo de risco, situação que provocou grande abalo emocional nos familiares. No áudio, o homem também difamou o prefeito e a secretária municipal de Saúde, ao dizer que eles divulgaram "declaração falsa" da causa da morte. Os agentes públicos também precisaram emitir nota, na época, para desmentir o boato.

O homem, que não teve o nome divulgado pelo MP/SC, foi denunciado pelos crimes de calúnia e difamação, com penas aumentadas em um terço por serem contra funcionário público em razão de suas funções. Também é acusado por provocar alarma, anunciando desastre ou perigo inexistente, ou praticar ato capaz de produzir pânico ou tumulto.

A denúncia foi apresentada pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Braço do Norte nesta terça-feira (19). No áudio, o homem dizia que conhecia o paciente e que as demais mortes que estavam sendo contabilizadas como decorrentes da pandemia também tinham outras causas. Ao divulgar tais informações falsas, o denunciado provocou pânico e tumulto na população, segundo a denúncia.

Fonte: NSC

SIM Supermercados - 1230x152
Anuncie 3
Focus