Odonto Top 728X90

Senadores aliados de Bolsonaro acionam Aras para investigar eleições

Grupo de 14 parlamentares, liderado por Luis Carlos Heinze (PP-RS), foram à PGR após divulgação do relatório das Forças Armadas sobre o pleito

Por Rádio Onda Positiva em 14/11/2022 às 15:47:43

Foto: Divulgação/Internet

O senador Luis Carlos Heinze (PP-RS), em união com outros 13 congressistas que integram a base de apoio do governo Jair Bolsonaro (PL) no Senado Federal, entraram com uma representação junto à Procuradoria-Geral da República (PGR) para que o órgão retome as investigações sobre possíveis fragilidades no processo eleitoral.

A ação dos senadores baseia-se no relatório divulgado pelas Forças Armadas em que os técnicos militares não excluem a possibilidade de fraude. Mais cedo, o Ministério da Defesa divulgou uma nota em que lista possíveis riscos na segurança dos programas eletrônicos instalados nas urnas eletrônicas, j√° que os itens se conectam aos computadores do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante a compilação do código-fonte, os testes de funcionalidade não foram o suficiente para extinguir a possibilidade de um código malicioso alterar o funcionamento do sistema de votação, além das restrições impostas ao acesso adequado dos técnicos militares ao código-fonte e às bibliotecas de software.

"Diante de um processo eleitoral tão conturbado, dirimir possíveis dúvidas é um dever do Estado", afirmou Heinze, que disputou recentemente as eleições para o cargo de governador do Rio Grande do Sul.

Fonte: JovemPan

Comunicar erro
Lassberg

Coment√°rios

Pneu A