Buscas por desaparecidos em deslizamento na BR-376 entram no terceiro dia

Condições climáticas desfavoráveis e risco de novos deslizamentos dificultam a atuação das equipes de busca na região atingida

FOTO: Divulgação

FOTO: Divulgação

Agentes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil retomaram na manhã desta quinta-feira, 1º, os trabalhos de buscas por vítimas do deslizamento de terra que atingiu a BR-376, em Guaratuba, no Paraná, na madrugada de terça-feira.

Segundo as entidades, os trabalhos foram retomados por volta das 6h30. As autoridades estimam que pelo menos 30 pessoas estão desaparecidas, seno que ao menos 10 carros e seis carretas foram arrastados pela lama do deslizamento.

Desde o início das buscas, seis pessoas foram resgatadas com vida e dois corpos foram encontrados pelas autoridades. Nesta quarta, um drone com câmera termal foi utilizado no local do deslizamento, mas não localizou calor de possíveis sobreviventes da tragédia. Ao todo, 54 bombeiros do Paraná participam das buscas ao lado de engenheiros e geólogos. Entretanto, o Corpo de Bombeiros afirma que o trabalho de buscas passa por dificuldades, já que as condições climáticas são adversas e que ainda existem riscos de novos deslizamentos.

A rodovia permanece interditada e não tem previsão de liberação. Para lidar com a crise, o governo do Estado criou um comitê para tomar decisões rápidas sobre o tema.

Garotas Acompanhantes